Arquivos do Blog

Veja como era o jogador da seleção Hulk em 2004

 

PERFIL jogadores brasil - HULK (Foto: Editoria de arte)

CONFIRA AS FOTOS CLICANDO AQUI

 

 

Foto dos jogadores da seleção brasileira no vestiário, fazem as fãs irem a loucuras!

 CLIQUE AQUI PARA VER MAIS

//

Confira as últimas notícias da Telexfree de hoje 14/07/2013

Queridos divulgadores, está marcado para segunda feira, 15 de julho, o julgamento do mérito do agravo de instrumento interposto pela TelexFREE pedindo a queda da liminar concedida pela Dra Juíza do Estado do Acre. 

A boa notícia é que mesmo tendo seu recurso indeferido, a TelexFREE poderá enfim retirar o processo lá do Acre e acabar de vez com essa injustiça que tanto nos envergonha e enoja. 

Estamos na torcida para que nesta segunda, possamos soltar o grito der voooooa preso em nossas gargantas, e nós que fazemos o Encontrei na Rede não estamos medindo esforços dentro de nossos limites para trazer sempre a todos as principais notícias e as principais informações a todos os nossos usuários.

Agradecemos a todos e juntos comemoraremos a nossa vitória.

Encontrei na Rede

Últimas Notícias da Telexfree 13/07/2013, no sábado : Acompanhe o que anda acontecendo

Em tempo:

O Ministério da Justiça informou nesta sexta-feira (28) que o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) da Secretaria Nacional do Consumidor instaurou processo administrativo contra a empresa Telexfree (Ympactus Comercial LTDA) por indícios de formação de pirâmide financeira.

Segundo o ministério, a empresa estaria ofendendo os princípios básicos do Código de Defesa do Consumidor, como o dever de transparência e boa-fé nas relações de consumo, além de veiculação de publicidade enganosa e abusiva.

Caso seja confirmada a violação aos direitos e garantias previstos no Código de Defesa do Consumidor, a empresa poderá ser multada em mais de R$ 6 milhões, segundo o governo.

Procurado pelo G1, o advogado da empresa, Horst Fuchs, negou qualquer ocorrência de fraude ou prática de pirâmide financeira.

Fuchs disse entender que “a Telexfree não realiza vendas premiadas, pois todos os que indicam consumidores, e também estes, realizam a compra de contas VoIP, gerando bonificações aos que indicaram”.

A Telexfree afirma não fazer captação antecipada, não sendo, por isso, obrigada a ter autorização da Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) para atuar. A empresa diz ainda que “não pratica a venda de bens ou serviços, motivo pela qual não necessita obter autorização de atividades de comércio” e que a entrega das contas VoIP “é efetuada diretamente pela Telexfree dos Estados Unidos aos consumidores em qualquer lugar que se encontrem”.

O que para muitos era um sinal de esperança de dias melhores financeiramente recentemente tem se transformado em um pesadelo, após a decisão da juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, Thaís Borges, que julgou procedente uma ação do Ministério Público do Acre e suspendeu os pagamentos e a adesão de novos contratos à empresa de marketing multinível Telexfree, no dia 18 deste mês.

A decisão, que é válida até o julgamento da ação principal, sob a pena de multa diária de R$ 500 mil, foi mantida no dia 24, quando o desembargador Samoel Evangelista, do Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC) indeferiu o pedido de revisão das sentenças impetrado pelos advogados da Telexfree. A decisão deixou muitos divulgadores da empresa preocupados com o futuro e com a possibilidade de serem prejudicados por terem investido altos valores.

Confira as últimas notícias da Telexfree de hoje 13/07/2013

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre negou nesta segunda-feira (8) o recurso de defesa da Ympactus Comercial Ltda. (Telexfree) e manteve a suspensão de todas as atividades da empresa. A empresa é acusada de praticar o crime de “pirâmide financeira”.

Com promessas de retorno expressivo em pouco tempo, os esquemas de pirâmide financeira são considerados ilegais porque só são vantajosos enquanto atraem novos investidores. Assim que os aplicadores param de entrar, o esquema não tem como cobrir os retornos prometidos e entra em colapso.

A Telexfree continua proibida de realizar novos cadastros de divulgadores, bem como está impedida de efetuar pagamentos aos divulgadores já cadastrados, até o julgamento final do caso, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

De acordo com o TJ do Acre, haveria “urgência em paralisar-se crescimento da rede, como forma de evitar-se seu esgotamento consequentes prejuízos que poderá causar a um sem número pessoas”.

Atuando no Brasil desde março de 2012, a Telexfree vende planos de minutos de telefonia de voz sobre protocolo de internet (VoIP na sigla em inglês), que permitem ligações ilimitadas para 41 países por US$ 49 mensais.

A empresa oferece dois tipos de contratos para divulgadores, um com ganho líquido de US$ 2.295,80 e outro com lucro de US$ 11.599. Além disso, o anunciante recebe US$ 20 a cada novo divulgador que conquistar para o primeiro plano e US$ 100 para o segundo.

Governo investiga atuação da empresa

A empresa também está sendo investigada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), da Secretaria Nacional do Consumidor (MJ), que instaurou no final de junho um processo administrativo contra a empresa por indícios de formação de pirâmide financeira.

Caso seja confirmada a violação aos direitos e garantias previstos no Código de Defesa do Consumidor, a empresa poderá ser multada em mais de R$ 6 milhões.

Caso Telexfree: marketing multinível não é pirâmide financeira, diz especialista

SÃO PAULO – O caso da TelexFree, que está sendo investigada pelo Ministério da Justiça sob suspeita de pirâmide financeira, reacendeu a discussão sobre este tipo de “golpe” contra a economia popular.

De acordo com a advogada Sylvia Urquiza, especialista em Direito Penal Empresarial do escritório Urquiza, Pimentel e Fonti Advogados, o marketing multinível não configura crime e muitas empresas adotam essa estratégia de forma lícita e bem sucedida.

O conceito de marketing multinível é o da distribuição de produtos e serviços por meio da indicação de distribuidores independentes, que recebem um bônus por isso. No entanto, é preciso ficar atento quando existe uma pirâmide financeira disfarçada de Marketing Multinível.

“O limite entre o lícito e o ilícito é muito estreito e cada caso tem que ser analisado unicamente. A generalização do marketing multinível como conduta criminosa é perigosa. A pirâmide financeira criminosa, travestida de marketing multinível, é basicamente um modelo comercial não-sustentável, no qual o sucesso financeiro e a remuneração dos líderes dependem mais das taxas de adesão — que podem tomar forma, inclusive, de aquisição prévia de produto, pagamento por treinamento, entre outras — devidas pelos membros recrutados, do que da renda e comissão sobre as vendas dos produtos e serviços oferecidos ao consumidor final, que não participa da empresa”, explica Sylvia.

De acordo com ela, nos casos de pirâmide, as chances de a empresa falir em poucos anos é grande e a estimativa é de que mais de 85% dos integrantes tenham apenas prejuízos – os únicos que ganham são aqueles que estão nos níveis mais elevados da pirâmide, normalmente poucos. “Ao utilizar os produtos ou serviços oferecidos apenas como mote para receber o pagamento de adesão dos novos membros, a sustentabilidade do negócio praticamente se restringe ao recrutamento cada vez maior de novos integrantes, em uma escala exponencial e em um fluxo sem fim que logo se mostram inviáveis, exatamente como acontece nas pirâmides financeiras, dependentes exclusivamente da contribuição monetária de cada um dos participantes”, destaca a advogada.

Ela lembra ainda que na pirâmide financeira não há finalidade lícita de negócio, apenas a intenção de lucros elevados e rápidos, principalmente para os idealizadores da empresa. Para isso, é feito recrutamento enganoso de muitas pessoas, o que se caracteriza como conduta criminosa.

A advogada ressalta que Lei 1.521, que trata dos crimes contra a economia popular, prevê penas de seis meses a dois anos de detenção para práticas de obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos — ‘bola de neve’, ‘cadeias’ e quaisquer outros equivalentes.

“Os esquemas fraudulentos podem, ainda, configurar lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, delitos cujas penas são mais severas, chegando a 10 anos de reclusão e multa”, finaliza.

Uol

Parcial Enquete A Fazenda 6: Até o exato momento, Lu Schievano vai deixar o programa!

E segue a nossa enquete, para saber quem vai deixar a disputa por 2 milhões de reais, na noite dessa terça-feira. Até o exato momento a disputa está assim:

Lu Schievano 61.57%  

 

 Aryane Steinkopf 38.43%  

 

Enquete A Fazenda 6: Lu Schievano ou Aryane ? Quem deve ficar?

A segunda roça do reality rural, foi formada, e com isso, o Alvo na TV, quer saber de você leitor, “Quem deve deixar o programa?”

Dando o que Falar! Mulher de Diego Cavalieri comenta sobre foto em que jogador aparece pelado

Diego Cavalieri

A gafe do atacante da Seleção Brasileira, Hulk, que publicou uma foto segurando a taça da Copa das Confederações e, ao fundo, Diego Cavalieri apareceu sem roupa, ainda está rendendo.

A mulher do goleiro, Daniela Cavalieri, disse em entrevista ao jornal Ego que se incomodou com a situação, mas está tranquila.

“Morram de inveja. Não me abalou em nada! Claro que nenhuma mulher gosta de ver seu marido nu em todos os lugares e as pessoas tirando sarro, comentando. Mas aconteceu e daqui a pouco esquecem, como sempre”, disse.

Ela falou também como o marido reagiu a toda a polêmica: “Claro que ele ficou chateado. Mas está tranquilo. O Diego sempre soube lidar com todas as situações numa boa. Ele tem uma cabeça muito tranquila e está calmo”.

Natelinha

Diego Cavalieri aparece pelado em foto publicada por Hulk da festa no vestiário

A festa do título da seleção brasileira no Instagram acabou “comprometendo” um jogador da equipe. Ao postar uma foto ao lado de Réver, o atacante Hulk mostrou Diego Cavaleri, goleiro do Fluminense, pelado.

Enquanto os dois atletas faziam a festa, Diego Cavalieri, que estava sentado enrolado em uma toalha, deixou suas partes íntimas à mostra.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.270 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: